NVE com obra de Requalificação do Polidesportivo e do Parque de Campismo das Taipas

13 Setembro, 2016.

NVE com obra de Requalificação do Polidesportivo e do Parque de Campismo das Taipas

A NVE iniciou a obra de Requalificação do Polidesportivo e do Parque de Campismo das Taipas. A intervenção que requalificará o polidesportivo do parque das Taipas devolverá um espaço há muito vedado à utilização.

O projeto de construção do novo polidesportivo representa um investimento de cerca de 1,3 milhões de euros e prevê a criação de condições para a abertura do Parque de Campismo durante todo o ano.

A obra terá a duração de um ano e dotará o espaço de balneários, casas de banho e arrecadações. O projeto consiste na construção de uma cobertura, com uma estrutura em madeira sobre o recinto que ficará com capacidade para 500 espetadores (lugares sentados), um ringue e vários espaços para o jogo de “petanca”, é assim desenvolvido em função de uma pré-existência, evitando as debilidades de que a mesma sofre.

Serão demolidas as atuais instalações sanitárias e balneários de apoio ao polidesportivo e ao parque de campismo, uma vez que as atuais condições não se compatibilizam com as exigências da atualidade; todas as instalações ficarão concentradas no mesmo volume construído em detrimento da sua disseminação pelo parque; – Sala de convívio, lavandaria, integradas nas aludidas instalações da alínea anterior, e edifício/anexo de receção de apoio a utentes do parque de campismo.

A construção pretendida privilegia o betão armado na estrutura baixa, demonstrando-se como o único resistente aos níveis de humidade, de alta utilização e de baixa manutenção; a madeira como elemento estrutural acessório, assegurará a estabilidade da cobertura abobadada que não deterá caleiros ou outros canalizadores de águas.

Todos os espaços serão bem ventilados e iluminados, seja através de sistemas naturais, seja por sistemas mecânicos, de modo a assegurar os valores de exigências legais, salubridade e economicamente sustentáveis.

A solução do projeto deverá devolver à área o seu valor ambiental, cultural e paisagístico.

Fonte e Imagens (adaptadas): NVE via Marlene Pereira






Bilfinger e Stangeland Ganham Contrato de 230 Milhões para Construção de Túnel na Noruega
Fernandes Arquitetos Associados projeta novo Hospital Regional em Caraguatatuba
NVE conclui empreitada de construção do Quartel da GNR de Fafe

         
         

Comentar

* Obrigatório