Indústria da Construção Perde Mais de 70 mil Empregos

11 Setembro, 2013.

Indústria da Construção Perde Mais de 70 mil Empregos

Segundo uma análise realizada pela Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas (FEPICOP), o setor da construção em Portugal perdeu 72 600 empregos nos últimos doze meses. Isto equivale à extinção de 198 postos de trabalho diariamente. De acordo com a FEPICOP, no mercado da construção, “as perspetivas para o futuro permanecem sombrias”, com os principais índices a preverem que a evolução da produção se manterá com um perfil negativo.

Apesar de durante o período de Abril a Junho de 2013, a média de extinção de postos de trabalho ter diminuído para 124 empregos diários, as estatísticas da evolução do desemprego no setor da construção continuam preocupantes, revelando que no final do primeiro semestre existiam cerca de 301 mil assalariados no sector da construção, uma perda de 11200 em relação ao mês de Março.

O saldo atual do crédito concedido às empresas do sector é inferior a 19 mil milhões de euros, número que segundo a FEPICOP “traduz um recuo para níveis de julho de 2004”, acrescentando que no que diz respeito ao emprego no setor da construção, os índices estão ao nível dos “valores do início da década de 1990”, com a insolvência de 764 empresas em 2013, um quinto do total do universo empresarial.

Imagem: FEPICOP
Fonte: FEPICOP







Comentar


* Obrigatório